domingo, 30 de março de 2014

Coleção Pedra Palavra: Martha Galrão






Martha Galrão












A voz é como um rio

Na cabeceira desse rio
a terra firme cede 
sob meus pés.

A chuvarada traz
a voz do seu peito
Minha bacia aceita.

Porque chama com gosto
meu nome
oferto meu colo
Entre minhas curvas
suas lágrimas correm.

Nas entrelinhas
a sedição do seu silêncio.
O maior dos perigos
seu torrencial silêncio
conduzindo o arroio
dos meus fonemas





Nasci em Salvador, minha formação acadêmica é em Psicologia, mas sou professora e poeta. Participei de algumas antologias, poetas@independentes, Pórtico 3, e uma antologia sobre meio ambiente da Editora Pragmatha. Autora de A Chuva de Maria, 2007, ed. Kalango, Muadiê Maria, coleção Cartas Bahianas, ed. P55, 2011 e Um rio entre as ancas. Participei das bienais da Bahia 2009, 2011 e 2013 na Praça de Cordel e Poesia. Mantenho o blog mariamuadie.blogspot.com desde 2006.








A coleção Pedra Palavra é organizada por Iolanda Costa.
A diagramação é de Ulisses Góes.
A capa do livro Um rio entre minhas ancas é de Caius Marcellus.


2 comentários:

  1. Beijo, Ritoca.
    Somos elos de uma corrente.

    ResponderExcluir
  2. Vamos construir esse tecido bordado de letras, Martinha! As Barcaças são suas!

    ResponderExcluir